quarta-feira, 26 de junho de 2013

ULI BARTZ - Ulrich - O HOMEM MAIS FORTE DE ROLÂNDIA ( anos 60/80)

Uli Bartz ( Ulrich - 1º à esquerda), segundo os meus tios que foram vizinhos dele lá na Gleba Três Bocas, foi o homem mais forte de Rolândia nos anos 60 a 80. Depois ele mudou para Faxinal-Pr. Virou lenda. Várias pessoas confirmaram que viram ele erguer sozinho um tambor com 200 litros de óleo diesel. Um dia meu tio Toni saiu com ele lá em Faxinal. Na hora do almoço ele parou em um restaurante e pediu dois frangos assados ( inteiros). O meu tio disse: Mas Uli um frango é muito para mim, Uli respondeu: - problema teu... Uli comeu o seu frango inteiro e o meu tio apenas duas coxas. Uli perguntou: - Não vai comer mais: - Não estou satisfeito - respondeu; Uli então comeu mais um frango. Uli vinha sempre na cidade com a sua camionete Unimoghi... uma camionere gigante com pneus enormes. Ele parava ali sempre em frente o Bradesco. Gostava de usar bermudas e botas de sola grossa, estilo alemão. Ouvi falar que ele e o Herbert praticavam ginástica olimpica. Era de pouca conversa. No final da safra sempre vinha para a cidade tomar umas cervejas. Ouvi outras histórias dele. Conto outro dia. Ao lado, na foto está o seu irmão Herbert... o primeiro agricultor que implantou e pesquisou o plantio direto na América do Sul. ( Foto: Acervo Família Bartz). TEXTO de JOSÉ CARLOS FARINA
COMENTÁRIO:
Já escrevi aqui que o Farina faz um bom trabalho rememorando as velhas histórias e personagens de Rolândia. Aqui temos o Uli, diziam que era o único em Rolândia que encarava, se fosse preciso, o Bernardo. O Bernardo (José Bernardo Neto) era ensacador, depois virou dono de bar, boa gente. E muito forte. Acho que eram os dois mais fortes de Rolândia na época. Hoje não vejo ninguém que poderia ser páreo para eles, ou tem Farina? ARNO GIESEN
RESPOSTA: O Fritz Bernardy tbm era mt forte... falando em brigar... o Joe não provocava ninguém, mas foi preciso algumas vezes ele dar lições em alguns valentões.... No futebol ninguém brigou mais do que o Ticão e Tonhão.... Uma vez o Ticão expulsou o juiz e quis pegar alguém da platéia para apitar.. ninguém quis.. apanhar ninguém quer... o Tonhão foi dar um murro no adversário e acabou acertando um companheiro... acabou nocauteado..... JOSÉ C. FARINA
É verdade, esse pessoal todo tinha fama de ser bom de briga, lembro ainda o falecido goleiro do NAC Mão de Pilão. Cara trabalhador era o Mão de Pilão, era goleiro do Nacional e no tempo vago trabalhava no Posto Guarani como lavador de carros. Bom de briga era também um agente policial chamado "Zé Baiano", naquele tempo existiam circos de luta livre e o campeão regional era o "Tarzan Paraquedista" de Londrina. Fizeram uma luta aqui em Rolândia e o Zé Baiano botou o Tarzan Paraquedista para correr pela BR-369. Mas no que se refere especificamente a ter força (levantar peso, braço de ferro, etc.) acho que o Uli Bartz e o falecido Bernardo eram os dois mais fortes de Rolândia.ARNO GIESEN
Essa foto foi tirada na lendária Rhenânia ainda, em nosso último almoço em família lá em julho de 2008. De fato as história que Farina descreve são verídicas e penso que há muitas outras mais ainda... Valeria escrever alguns pequenos contos com elas!!! MARIE BARTZ
Me lembro em Faxinal em uma extinta lanchonete chamada "pastelão" uma tarde o Uli se sentou e tomou 24 garrafas de cerveja uma atrás da outra,o magaiver que era o garçom deixava uma caixa vazia do lado da mesa para ir colocando os cascos vazios,terminado às 24 ele levantou para ir ao banheiro e nem parecia que tinha bebido,na volta ainda pediu mais uma de saideira. hehehe. MICHAEL YOSHIMORI
Me lembro muito bem dos dois eles tinham um modelo de jeep acho que modelo Alemão Verde Oliva parecia de guerra bem grande verde Oliva e sempre passavam pela av. Tiradentes aonde morava meus avós na Alfaiataria Rolândia, gente ficava olhando chamava muita a Atenção.Boas Lembranças.Ah também o Uli Bartz fazia Saúna no Club Concórdia. ele usava uma escovinha de roupas para esfregar todo o corpo. olhava pra ele e pensava esse cara é doido !!! GILBERTO GUARIENTE

4 comentários:

  1. Me lembro em Faxinal em uma extinta lanchonete chamada "pastelão" uma tarde o Uli se sentou e tomou 24 garrafas de cerveja uma atrás da outra,o magaiver que era o garçom deixava uma caixa vazia do lado da mesa para ir colocando os cascos vazios,terminado às 24 ele levantou para ir ao banheiro e nem parecia que tinha bebido,na volta ainda pediu mais uma de saideira hehehe

    ResponderExcluir
  2. Rolândia foi pioneiro na ginástica olímpica no Paraná. Você sabe como foi e onde estão os aparelhos da ginástica? Pois falam que está numa fazenda de alemães.. abraço

    ResponderExcluir
  3. Me parece que essa historia do barril de 200 l é veridica. Ele abriu a tampa traseira do caminhao e levantou sozinho.

    ResponderExcluir